Elitserv | História de Comores

História de Comores

Comores

país no Oceano Índico
الاتحاد القمر (árabe)
(al-Ittiḥād al-Qumurī/Qamarī)
Union des Comores(francês)
Udzima wa Komori(comoriano)

União de Comores
Bandeira das Comores
Brasão de armas de Comores
Bandeira Brasão das Armas
Lema: “Unité, Justice, Progrès” (francês:

“Unidade, Justiça, Progresso”)

Hino nacional“Udzima wa ya Masiwa” (shikomor: “A União das Grandes Ilhas”)

Gentílico: comorense, comoriano(a)[1]
Localização União de Comores
Capital Moroni
11° 42′ S43° 15′ E
Cidade mais populosa Moroni
Língua oficial ÁrabeFrancêsComoriano [2]
Governo Repúblicafederal

Presidencialista

 – Presidente Azali Assoumani
 – Vice-presidentes Fouad Mohadji
Mohamed Ali Soilih
Nourdine Bourhane
Independência da França
 – Declarada 6 de julho de1975
 – Constituição atual 17 de maio de2009
Área
 – Total 1 862¹km² (170.º)
 – Água (%) <0,1
 Fronteira Não possui; aproxima-se deSeychelles a NE,Madagascar eMaiote (FRA) a SE, Moçambiquea W e SW, eTanzânia a NW
População
 – Estimativa para 2016 806 153 [3]hab. (161.º)
 – Densidade 309 hab./km² (23.º)
PIB (base PPC) Estimativa de2007
 – Total US$ : 1,262 bilhão (172.º)
 – Per capita US$ : 1 125 (159.º)
IDH (2019) 0,554 (156.º) – médio[4]
Moeda Franco comorense(KMF)
Fuso horário (UTC+3)
Clima Tropical
Org. internacionais ONUUALiga Árabe,Francofonia
Cód. ISO 174 / COM / KM
Cód. Internet .km
Cód. telef. +269
Mapa União de Comores
¹ Exclui Maiote.

Comores,[5][6] oficialmente União das Comores,[5] é um país insular localizado no leste da África. O país está localizado em três das quatro ilhasprincipais do arquipélago de Comores, no Oceano Índico, localizado no extremo norte do canal de Moçambiquena costa oriental da África. Seus vizinhos mais próximos são a Tanzâniaa noroeste, Moçambique a oeste, asSeychelles a nordeste e a regiãofrancesa de Maiote a sudeste. Sua capital e maior cidade é Moroni, naGrande Comore.

Com 1 862 km² (excluindo a ilha contestada de Maiote), Comores é o quarto menor país africano em área territorial. A população é estimada em 798 000 habitantes. Embora especule-se que o nome “Comores” se origine de povos árabes que teriam primeiro chegado às ilhas, o nome na verdade é oriundo da polinésia antiga, dos povos da Melanésia que se estabeleceram nas ilhas. O nome “Comores” foi tomado da antiga palavra polinésia “Chammoras”, significando um de seus outros assentamentos. Estes habitantes tinham sua própria língua, que foi parcialmente influenciada pelos árabes que chegaram posteriormente. A União de Comores tem três línguas oficiais:comorianoárabe e francês. Como uma nação formado em uma encruzilhada de diferentes civilizações, o arquipélago é conhecido por sua cultura e história diversificada. O arquipélago foi primeiramente habitado por falantes doidioma bantu que vieram da África Oriental, seguidos por imigrantesárabes e austronésios.

Oficialmente, além de muitas ilhas pequenas, o país é composto por três grandes ilhas do arquipélago de Comores: Grande Comore (Ngazidja),Mohéli (Mwali) e Anjouan (Nzwani). A nação também reivindica a ilha de Maiote que, no entanto, nunca foi administrada pelo governo comorense. Em vez disso, Maiote continua a ser administrada pela França (atualmente como um departamento ultramarino), uma vez que foi a única ilha do arquipélago a votar contra a independência em 1974. A França, desde então, tem vetado no Conselho de Segurança das Nações Unidasresoluções que reafirmariam a soberania de Comores sobre a ilha.[7][8]Além disso, Maiote tornou-se um departamento ultramarino e uma região da França em 2011, após um referendo popular aprovado por maioria esmagadora.[9]

Tornou-se parte do Império Colonial Francês no final do século XIX antes de se tornar independente em 1975. Desde que declarou a independência, o país sofreu mais de 20 golpes de Estado ou tentativas de golpe, com vários chefes de Estado assassinados.[10][11]Juntamente com esta constante instabilidade política, a população das Comores vive com a pior desigualdade de renda de qualquer país, com umcoeficiente de Gini acima de 60%, ao mesmo tempo em que possui um dos piores Índices de Desenvolvimento Humano do mundo. Em 2008, cerca de metade da população das Comores vivia abaixo da linha da pobreza, com menos de US$ 1,25 por dia.[12] A região insular francesa de Maiote, que é o território mais próspero no Canal de Moçambique, é o principal destino dosimigrantes ilegais comorenses que fogem do seu país.

As Comores é um estado membro daUnião AfricanaFrancofonia,Organização para a Cooperação IslâmicaLiga Árabe (da qual é o estado mais meridional, sendo o único estado membro da Liga Árabe com um clima tropical e também inteiramente dentro do Hemisfério Sul) e a Comissão do Oceano Índico.

Outros Serviços

Contrate Aqui os nossos funcionários. Resolva aqui o seu problema de RH e de Gestão na sua empresa,
no seu condomínio, na sua loja, shopping, hotel, pousada, chácara, galpão e indústria.
Translate »
COPYRIGHT © 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS