Elitserv | Noticia do Estado Rio de Janeiro Reunião Light otimiza serviço e revisa RECON-BT
ONDE ESTAMOS
WHATSAPP

Noticia do Estado Rio de Janeiro Reunião Light otimiza serviço e revisa RECON-BT

 

Light otimiza serviço e revisa RECON-BT

Reunião da Comarc recebeu representantes da Light, que apresentaram o novo processo para solicitação de ligação nova ou alteração de carga e destacaram os principais pontos da revisão da regulamentação que fixa as condições mínimas para instalação de entradas individuais e coletivas nas edificações residenciais.

Uma evolução no atendimento de demandas técnicas do setor, com um processo padronizado e ajustado às demandas de mercado. Essa foi a avaliação do presidente da Comissão de Meio Ambiente e Relação com as Concessionárias (COMARC), Carlos Eden, quanto ao novo processo para solicitação de ligação nova ou alteração de carga, apresentado pela Light, na reunião da Comissão, realizada no último dia 11. A revisão da RECON-BT também foi pauta do encontro.
 
De acordo com João Paulo Arcanjo Grastiquini, coordenador de projetos da Light, foi realizada a revisão processo para solicitação de ligação nova ou alteração de carga de projetos de baixa tensão que, até então, apresentava morosidade e pouca transparência. “Havia necessidade do deslocamento do cliente até uma unidade da concessionária, além de haver demora no transporte da documentação apresentada e dificuldade no atendimento às pendências, assim como no fornecimento de informações”, disse ele.
 
Com a revisão do processo, todo atendimento será digitalizado, então, além de dispensar o deslocamento do cliente até uma unidade da Light, a expectativa é que a resposta da análise do projeto seja feita em até 30 dias. Além disso, será realizado o assessoramento na solução das pendências e o sistema trará o passo a passo da análise do projeto, gerando maior controle e padronização.
 
Sobre a RECON-BT, o gerente de engenharia e expansão da rede de distribuição da Light, André Vinícius Moreira, explicou as adequações de painéis, cabos e componentes realizadas para simplificar e garantir ajustes positivos nas instalações.
 
As mudanças começaram pelo novo visual do manual, que traz um conteúdo de melhor entendimento, dividido por fascículos, individualizando os temas e facilitando a consulta. Novos exemplos de avaliação de demanda foram incluídos, para maior clareza na interpretação das informações.
 
O gerente também apontou sobre o novo limite de atendimento de entrada individual, em rede de distribuição aérea, que passa a ser de quatro unidades monofásicas e polifásicas. Anteriormente, o limite era de quatro unidades monofásicas ou até três trifásicas.
 
A inclusão de esquemáticos para montagem padrão, como do modelo de medição para iluminação das vias internas do condomínio, e do Sistema de Medição e Leitura Centralizada (SMLC), na RECON-BT, foram outros pontos abordados por André Vinícius. 

Translate »
COPYRIGHT © 2018 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS